Nos EUA Robert Reich, antigo Secretário do Trabalho de Bill Cliton alerta para uma onda sem precedentes (desde a Grande Depressão de despejos e incumprimentos bancários nos próximos dois meses. Reich propõe que o Congresso alargue o subsídio de desemprego e introduza novos subsídios de desemprego ou prevê nos EUA uma onda de fome inédita.

Por cá, é preciso começar a preparar o país para o momento em que o Estado terá que começar a recuar e a reduzir ou parar totalmente o Layoff que tem salvo dezenas de milhar (centenas?) de empregos desde março deste ano.

Se nos EUA, o desemprego saltou de 3.5% para mais de 20% num par de meses (!) porque ali não foi criado nenhum mecanismo comparável ao “Layoff” o que vai acontecer em Portugal quando acabar o Layoff ?!
Vamos dar um salto semelhante de 6.2% para mais de 23% ?!
Se isto acontecer não há economia e se não houver economia não há Saúde nem SNS.
Por isso: atenção e ponderação ao sugerir o reconfinamento da Economia.

E aos sindicatos da Função Pública que, pressentindo um clima de “fim de ciclo” se começaram a posicionar e a impulsionar greves uma recordação: a generalidade da população não vai compreender esta agressividade sindical se o desemprego (nos privados: sempre) saltar subitamente para mais de 20%: Bom Senso: Senhores!
Porque a Médio e Longo Prazo não interessa à República promover uma separação entre “Público” e “Privado” através de uma desproporção de condições de rendimento e segurança laboral para lá de qualquer limite razoável.

https://lux24.lu/opiniao/opiniao-faltara-bom-senso-para-enfrentar-a-nova-grande-depressao-que-ai-vem/